E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Naufrágio no Pará - No sexto dia de buscas, sete corpos ainda não foram recuperados

Na manhã desta segunda-feira (12) recomeçaram as buscas aos sete desaparecidos após o naufrágio da embarcação 'Luar C', ocorrido na tarde da última quarta-feira (7), no Rio Pará próximo ao município de Barcarena, nordeste paraense. 

As equipes de buscas concentram a atuação na área que fica no litoral de Ponta de Pedras e Barcarena. No sábado (10), as equipes encontraram, no Furo do Arrozal, próximo à Vila Carapijó, os corpos de Socorro Pereira de Alcântara, de 56 anos; de Pedro Serrão Santa Rosa, de 35 anos; e de Maria de Nazaré Soares Oliveira, de 51 anos. Os enterros aconteceram ontem (11) em Ponta de Pedras, no Marajó.

Enquanto isso, em Belém, familiares e amigos das vítimas criticaram a operação, alegando que as equipes e embarcações responsáveis pelos resgates estariam fazendo corpo mole.

Diante da situação, representantes do 4º Distrito Naval da Marinha do Brasil e do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) realizaram uma coletiva com os familiares das vítimas para garantir que estão empenhados em achar os corpos das vítimas.

Segundo consta, a embarcação virou por conta de uma forte maresia. 43 passageiros foram resgatados com vida. A primeira vítima fatal que teve o corpo resgatado foi Joaquim Boulhosa, de 53 anos. Com os três corpos localizados no final de semana, já somam quatro mortos no naufrágio. 

Ainda não foram localizados os corpos de Izanete Tavares Alcântara e Ivonete Tavares Amaral; Raimunda Teles dos Santos; Josefina Barbosa Cardoso; Raimundo Soares dos Santos; Doney Joaquim Conceição e Joaquina Damasceno.