E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Podem suspender o ritrovil do Presidente. Calero diz agora que não "grampeou" Temer.


Pronto! Michel Temer não precisa mais esvaziar o frasco de ritrovil. Marcelo Calero resolveu esclarecer que não gravou sua conversa com Michel Temer. O moço divulgou a nota que segue abaixo:

A respeito de informações disseminadas, a partir do Palácio do Planalto, de que eu teria solicitado audiência com o presidente Michel Temer no intuito de gravar conversa no Gabinete Presidencial, esclareço que isso não ocorreu.

Durante minha trajetória na carreira diplomática e política, nunca agi de má fé ou de maneira ardilosa.

No episódio que agora se torna público, cumpri minha obrigação como cidadão brasileiro que não compactua com o ilícito e que age respeitando e valorizando as instituições.

O maior receio do Palácio do Planalto era ouvir, nos telejornais durante o fim de semana, a voz de mordomo de Temer a pronunciar ênclises e mesóclises enquanto buscava convencer o moço que cria gatos a salvar o empreendimento de Geddel.

Sem áudios comprometedores, com Geddel fora do Governo e o Centrão indicando o próximo ministro Chefe da Secretaria de Governo, a tendência é que tudo se acomode.

Mas, nesse governo Temer - que acerta no atacado e erra tudo no varejo - a única certeza é que não é possível ter certeza se outros ministros destrambelhados haverão de colidir com o Código de Ética do Servidor Federal.