E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Enterrada em Parauapebas mulher assassinada em Pacajá. Namorado segue preso

No Diário Online:

Foi marcado por muita comoção o enterro da jovem Erika Cantanhede Moraes, morta na última terça-feira (22), no município de Pacajá, sudeste paraense. O sepultamento ocorreu em um cemitério na tarde desta quinta-feira (24) em Parauapebas.

O namorado da vítima, Gutemberg Goudinho Torres, de 25 anos de idade, tido como principal suspeito, foi preso acusado pela autoria do crime.

De acordo com informações da Polícia Civil, uma testemunha disse em depoimento que Gutemberg não aceitava o fim do namoro com Erika e por isso suspeitou que ele seria o autor do crime.

Ainda segundo a PC, a bota que usava foi um detalhe determinante para que o suspeito fosse preso.

A comoção durante o enterro de Erika foi tanta que atraiu cerca de mil pessoas ao cemitério. O Corpo da jovem foi velado em uma igreja evangélica. Com frases em camisetas, amigos e familiares prestaram as últimas homenagens a vítima.

Nas redes sociais, amigos e conhecidos de Erika, conhecida na cidade também pelo codinome de Erika Suany fazem várias manifestações de condolências pela perda da jovem.