E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Governo do Pará convoca coletiva para informar sobre tentativa de fraude em concurso dos Bombeiros

Representantes da Sead, Corpo de Bombeiros Militar do Pará, Polícia Civil e Consulplan participam de entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira, às 15h, na sede da Sead, para esclarecer detalhes sobre a tentativa de fraude do concurso do Corpo de Bombeiros Militar do Par, desarticulada por policiais civis e militares no último domingo, 24, em Belém. Ao todo, 49 pessoas - 47 adultos e dois adolescentes - foram presos.

O governo do Pará, por enquanto, descarta anular o concurso.

Segundo a polícia, um dos presos, com apoio de outros comparsas, iria enviar toques de celular correspondentes às supostas alternativas corretas da prova, aplicada no domingo (24).

O grupo foi detido pelo serviço de inteligência da Polícia Militar no bairro do Tenoné, distrito de Icoaraci, em Belém. Eles detiveram um dos suspeitos, que estava com um caderno com as anotações das supostas respostas, em um colégio perto da escola onde ocorria o concurso.

Os demais envolvidos na fraude estavam dentro da escola fazendo o concurso, entre eles militares das forças armadas. Os telefones celulares dos fraudadores foram apreendidos para apuração.

O grupo foi conduzido para a Divisão de Investigações e Operações Especiais (DIOE), onde foram autuados e devem responder por tentativa de fraude em certame de interesse público, com base no artigo 311-A, do Código Penal, que prevê pena de 1 a 4 anos de reclusão. 

As investigações prosseguem sob a responsabilidade do delegado Aurélio Paiva, da DIOE.

Devem participar da entrevista desta tarde, Alice Viana, secretária de Estado de Administração; Pedro Fraga, representante da Consulplan (empresa organizadora do Concurso); Delegado Geral Rilmar Firmino; e Coronel Zaneli, comandante do Corpo de Bombeiros do Estado do Pará.