E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Crime em Goianésia - Polícia ainda sem pistas de assassinos de "Russo"

A polícia civil do Pará ainda não tem pistas dos assassinos do prefeito de Goianésia (PA), João Gomes da Silva  (PR), morto com seis tiros na noite deste domingo (24), quando participava de um velório no centro da cidade.

Através das redes sociais na internet, boatos diziam que os assassinos teriam sido mortos horas depois do crime. Fotos de dois rapazes mortos chegaram a circular através de grupos do WthasAap. Mas, segundo moradores de Goianésia, os mortos foram vítimas em um acidente de trânsito quando retornavam de Tucuruí para Belém depois de prestarem exames no concurso promovido pelo Corpo de Bombeiros.

O Crime

Segundo apuração preliminar dos investigadores, logo depois que João Gomes, conhecido como "Russo", chegou ao velório, dois homens, ambos com capacete, também chegaram em uma motocicleta e um deles disparou contra a cabeça do prefeito, que teve morte instantânea. Logo após a execução, os assassinos fugiram do local.

Após o crime, policiais civis e militares de Goianésia e municípios vizinhos iniciaram a caçada aos criminosos e fecharam as principais estradas da região. No entanto, até o fechamento desta edição, ninguém havia sido preso. A equipe de policiais civis sob a coordenação do superintendente da corporação em Tucuruí, delegado Eduardo Paizane, foi deslocada para o município a fim de apurar as circunstâncias do crime.

João Gomes , o “Russo”, que era filiado ao Partido da República (PR), tinha 62 anos e estava em seu primeiro mandato. Natural de Barras, no Piauí, ele se preparava para disputar a reeleição no pleito eleitoral de outubro deste ano. 

Com a morte do prefeito, assume o cargo o vice, Antonio Pego, conhecido como “Tonhão”. A Câmara de Vereadores do município deverá se reunir hoje para providenciar a mudança de comando. Goianésia do Pará foi emancipada em 1991 e tem cerca de 35 mil habitantes.