E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

"Concurso dos Bombeiros não será anulado", afirma secretária de Administração


Conforme o blog anunciou pela manhã, na tarde desta segunda-feira (25) representantes da Sead, do Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Civil e da Consulplan (organizadora do concurso), reuniram a imprensa para afirmar que o concurso para oficiais e praças do Corpo de Bombeiros Militar do Pará não será anulado. 

De acordo com a titular da Sead, Alice Viana, a tentativa de fraude que foi desarticulada por policiais civis e militares em Belém ontem (24), não mancha o certame. "Todo o certame ocorreu de forma tranquila até o ocorrido. Considerando que o gabarito encontrado com os suspeitos, daria aos candidatos apenas sete acertos em relação a um tipo de prova (a prova verde), e que não haveria acerto de 50%, mínimo para os candidatos serem aprovados na prova objetiva, em nenhum dos quatro modelos de prova utilizados, por segurança, pela Consulplan, não há demonstração de que o certame seja maculado. Por isso, o concurso está mantido”, afirmou a secretária.

Assim, todas as datas e prazos constantes do Edital permanecem inalterados e no dia 22 de fevereiro deverá ser divulgado o listão com os aprovados no concurso.

Foi grande a boataria sugerindo que o Governo do Pará anularia o certame, mas, de acordo com os representantes do Governo, as investigações e o trabalho da Polícia levaram a apreensão de todo o material e de todas as pessoas envolvidas. Dos 49 presos, dois eram adolescentes, 44 pagaram fiança e apenas três permanecem presos. Todos serão devidamente processados, garantiu Alice Viana.

Sobre as demais denúncias que estão sendo feitas por diversos concurseiros, a organizadora do certame informou que não foi registrado nenhuma situação que possa implicar no cancelamento do concurso.

Participaram da coletiva Alice Viana, secretária de Estado de Administração; Pedro Fraga, representante da Consulplan (empresa organizadora do Concurso); delegado Geral Rilmar Firmino; e coronel Zaneli, comandante do Corpo de Bombeiros do Estado do Pará.