E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

quinta-feira, 4 de abril de 2013

DMTU, Guarda Municipal de Marabá e PM flagram agente patrimonial em ato de corrupção

Os órgãos de segurança de Marabá realizaram hoje (4) operação conjunta para reprimir a liberação irregular de veículos no pátio de retenção do Departamento Municipal de Trânsito Urbano.
A Secretaria de Segurança Institucional, à frente o delegado Alberto Teixeira - empossado formalmente hoje - já havia sido informada e investigava a denúncia que pelo menos um funcionário do departamento conseguia, através do pagamento de uma certa quantia em dinheiro, liberar carros do pátio e hoje DMTU, Guarda Municipal e Polícia Militar conseguiram realizar o flagrante do ato de corrupção.
Duas motos foram apreendidas e com um agente patrimonial foi encontrada a importância de R$ 500,00.
O homem que alega ser proprietário dos veículos e o agente patrimonial foram detidos, conduzidos à delegacia de Polícia Civil e autuados pelos crimes de corrupção ativa e passiva, respectivamente. Em relação ao agente patrimonial, conhecido como Claiton, além de responder criminalmente, também será enquadrado em procedimento administrativo e deverá ser excluído do serviço público municipal.
Segundo Emett Alexandre e Marcio Fernando que comandam, respectivamente, o DMTU e a Guarda Municipal, a ordem do prefeito João Salame é "tolerância zero" para atos de improbidade e corrupção. Todas as denúncias que chegam são apuradas com rigor e, quando comprovadas, dão origem aos procedimentos cabíveis.