E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

segunda-feira, 25 de março de 2013

Obras e Defesa Civil agem para reparar danos causados por tempestade em Marabá


A forte chuva que caiu sobre Marabá na tarde deste domingo (24) causou sérios transtornos e alagamentos em diversas áreas da cidade.  Mas, a Secretaria Municipal de Viação e Obras (Sevop) desde a noite de ontem, tem tomado todas as medidas para amenizar os danos causados pela tempestade.
Técnicos da Sevop fizeram atendimentos de urgência nos lugares mais críticos, como por exemplo, na Grota Criminosa nas folhas 27 e 22; Bairro da Paz; e nas áreas próximas à Avenida Manaus.
A Sevop mobilizou homens e máquinas para reparos emergenciais. Retroescavadeiras foram acionadas para fazer o desentupimento dos canais e caminhões equipados com bombas de sucção utilizados para tirar a águas das casas alagadas.
Hoje (25) foram colocados à disposição da coordenação de Defesa Civil sete caminhões e mais 50 homens para ajudar nos serviços de limpeza e atendimento aos moradores atingidos.
No final da tarde de hoje, a Defesa Civil divulgará um balanço dos danos causados e das medidas tomadas para contê-los.
Desde janeiro deste ano, a Prefeitura de Marabá, através das Secretarias de Obras e de Serviços Urbanos (Semsur), vem intensificando as ações de limpeza e conservação de canais, valas e bueiros, além de regularizar os serviços de coleta de lixo em toda a cidade, visando justamente prevenir danos causados pelas chuvas que costumam castigar a região nesta época do ano.
Técnicos da Sevop e da Semsur pedem aos moradores que colaborem com as ações da Prefeitura, evitando despejar lixo e entulhos nas áreas próximas aos canais e valas da cidade, uma das causas dos alagamentos. (Com Ascom/PMM)