E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Em Parauapebas, Massud é cotado para Secretaria de Obras, mas Investigação Eleitoral pode atrapalhar

Dez dias após as eleições em Parauapebas já são intensas as discussões em torno do rateio dos cargos de primeiro e segundo escalão na prefeitura mais rica do Pará. A cidade estará sob a direção de Valmir da Integral somente a partir de janeiro de 2013, mas, desde agora algumas secretarias com orçamentos gigantescos estão sendo duramente disputadas. Em Belém, é dado como certo, por exemplo, que caberá ao PTB, dirigido no plano estadual pelo atual prefeito de Belém Duciomar Costa, a cobiçada Secretaria de Obras. O nome do vereador Antônio Massud, que não conseguiu reeleger-se nestas eleições, é considerado o favorito para ocupar o cargo.
Mas, nem tudo são rosas no caminho de Massud.
Massud e Valmir são alvos de Ação Judicial de Investigação Eleitoral (Processo nº 69252.2012.614.0075). Segundo a denúncia, a funcionária Ilsamar Correia da Silva, lotada no gabinete de Massud, participava ativamente da campanha do vereador e do prefeito eleito em horários nos quais deveria estar trabalhando na CMP, o que é proibido por lei. Esta conduta configura desvio e abuso do poder político e de autoridade.
Caso a Justiça Eleitoral considere os réus culpados, será declarada a inelegibilidade dos beneficiários para as últimas eleições, com a cassação dos respectivos registros, bem como a inelegibilidade para as eleições nos próximo oito anos. Cassados os registros fica suspensa a diplomação dos eleitos. Mais informações sobre este processo no blog amigo Zé Dudu.