E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

domingo, 7 de outubro de 2012

Apesar de prisões, eleição segue tranquila no Pará

Em Marabá, a eleição segue sem maiores intercorrências. Locais de votação com movimentação normal. Grande apenas a expectativa pelo resultado.
Em outros municípios da região, contudo, a manhã deste domingo (7) foi mais agitada. Em Itupiranga três foram presos por transportar eleitores de forma irregular. Em Parauapebas, dois ônibus que levavam eleitores para um município vizinho também foram retidos. Já o candidato a prefeito em Nova Ipixuna, Sebastião Damascena Santos (PTB) foi detido acusado de cometer o crime de boca de urna, na seção eleitoral da Escola Maria Irani, centro do município. Ele foi preso pelo juiz Cristiano Magalhães Gomes e está detido em uma das salas da escola. Por outro lado, o site do TRE do Pará vem apresentando seguidos problemas. O TSE ainda não se manifestou a respeito da causa do problema. Os tribunais regionais eleitorais precisaram trocar 256 urnas até o momento em todo o país. O percentual em relação às cerca de 400 mil urnas eletrônicas em funcionamento nas eleições de hoje (7) é pequeno, cerca de 0,062%. Para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o percentual de defeitos está dentro da normalidade.
Muitos eleitores criticam, através das redes sociais na internet, a sujeira produzida por candidatos que resolveram "enfeitar" as áreas próximas das sessões eleitorais com material de propaganda, como mostra o flagrante acima de Bárbara Hilbert, registrado em locais de votação no Núcleo Urbano de Carajás, em Parauapebas.