E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Advogados de Carajás e Tapajós articulam programa mínimo para OAB/PA

Foi realmente impossível compor uma chapa que unificasse os advogados de Carajás e Tapajós com o objetivo de disputar a direção da OAB-Pará. Sempre tive claro que seria assim mesmo. Articular algo assim demanda tempo e recursos que ainda não estão disponíveis para nossos juristas. Uma pena.
Mas, recebi na quinta-feira (18) o correio eletrônico do amigo e advogado Ronaldo Giusti, que segue abaixo.
"Na impossibilidade de compor uma chapa regional para concorrer às eleições da Seccional da OAB do Pará, estou discutindo com um grupo de advogados de Marabá a elaboração de pontos de um programa mínimo a ser incorporado por chapas que desejem obter os votos de advogados das regiões Carajás e Tapajós engajados no movimento emancipacionista. É possível que amanhã (hoje), 19, já tenhamos o texto aprovado.", diz Giusti.
Tanto melhor. O simples fato de uma classe tão importante estar claramente engajada na luta por Carajás e Tapajós já é um alento e tanto. Aos poucos, a voz de todos aqueles que não consideram aceitáveis as condições de desprestígio e abandono em que se encontram Carajás e Tapajós haverá de ser ouvida.