E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Programa de Proteção a Testemunhas não funciona em Goiás, diz MPF

O Ministério Público Federal (MPF) fez uma grave denúncia durate a visita da ministra de Direitos Humanos, Maria do Rosário, na quarta-feira (20) a Goiânia: o programa federal de proteção a testemunhas não funciona em Goiás.Quem denuncia abuso de autoridade, espancamento ou um assassinato e recebe ameaças deveria ser protegido pelo governo. Mas segundo o MPF, cidadãos goianos que fazem denúncias contra policiais não têm a quem recorrer.
Em Goiás, 22 mortes são atribuídas a policiais nos últimos três anos, 38 pessoas estão desaparecidas e há registro de 100 casos de tortura e espancamentos.
"Qualquer pessoa que possa ajudar na elucidação de crimes que, por conta disso, tenha a sua integridade física, a sua vida e da sua família em risco, não encontrará no estado a execussão de uma política pública para lhe proteger, nos moldes previstos no programa nacional", diz o procurador da República Ailton Benedito de Souza.