E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Polícia de Goiás analisa vídeo para identificar mães de bebês abandonados

A Polícia Civil continua investigando o caso de dois bebês que foram abandonados em locais diferentes, em Goiânia. De acordo com a delegada da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) Simelli Lemes, imagens de circuitos de segurança estão sendo analisadas. “Vídeos de câmeras que possivelmente gravaram as mães dos bebês estão sendo vistos pelas nossas equipes, mas ainda não conseguimos identificar as mães”, afirma a delegada. As crianças. ainda bem, não correm risco de morte.Segundo ela, a possibilidade de que uma mulher que é usuária de drogas fosse a mãe de um dos bebês está descartada. “Ela foi encontrada e ainda está com seis meses de gravidez”, explica Simelli Lemes, que trabalha com o crime de abandono de incapaz. “As circunstâncias nas quais essas crianças foram deixadas se configura tentativa de homicídio”, salienta a delegada.
Na madrugada da terça-feira (4), uma menina recém-nascida foi encontrada em uma calçada, dentro de um saco de lixo, na Vila Santa Helena, em Goiânia. Na mesma manhã, outra criança, também recém-nascida, foi resgatada pelo Corpo de Bombeiros, em um lote baldio, no Setor Leste Vila Nova.
“Ela estava jogada no chão, de cabeça para baixo, com dois sacos de lixo em volta. Estava sem roupas, toda suja de sangue e chorava muito”, afirma o motorista do caminhão de lixo, Arlan Barreto Amaral, de 33 anos.
Quanto à menina, a dona de casa Maria Rosa contou que ela estava a poucos metros de uma mancha de sangue em uma calçada, possivelmente o local onde foi realizado o parto. Foram os latidos dos cachorros que fizeram com ela se levantasse. Chegando ao portão, dona de casa viu a bebê do outro lado da rua, ainda com muito sangue e tremendo de frio.
“Eu tremi demais. Ela tava tremendo e chorando e depois que a embrulhei ela ficou caladinha. Eu vi aquela criançinha jogada no meio da calçada no meio da madrugada, é muito triste”, relata.
De acordo com o boletim médico divulgado no final da manhã desta quarta-feira, pelo Hospital Materno Infantil, as duas crianças passam bem. Segundo o Conselho Tutelar, eles serão encaminhados para o Condomínio Sol Nascente, um abrigo destinado a menores.