E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

domingo, 2 de setembro de 2012

No Ibope, Edmilson lidera em Belém, Priante é segundo. Disputa pode ser definida no 1º turno.

O Ibope divulgou, neste sábado (1º), sua segunda pesquisa de intenção de voto sobre a disputa pela Prefeitura de Belém neste ano. A pesquisa foi encomendada pela TV Liberal, afiliada da Rede Globo.
Veja os números do Ibope para a pesquisa estimulada:
Edmilson Rodrigues (PSOL) - 47% das intenções de voto
José Priante (PMDB) - 16%
Zenaldo Coutinho (PSDB) - 12%
Arnaldo Jordy (PPS) - 6%
Jefferson Lima (PP) - 6%
Anivaldo Vale (PR) - 3%
Alfredo (PT) - 3%
Marcos Rego (PRTB) - não alcançou 1%
Sérgio Pimentel (PSL) - não alcançou 1%
Leny Campelo (PPL) - não alcançou 1%
Com esses números não haveria segundo turno em BelémA pesquisa foi realizada entre os dias 28 e 30 de agosto. Foram entrevistadas 602 pessoas na cidade de Belém, capital do estado. A margem de erro é 4 pontos percentuais, para mais ou para menos.
A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PA), sob o número 00061/2012.
Pesquisas anteriores
A primeira pesquisa do Ibope foi divulgada em 11 de agosto e registrou os seguintes resultados: Edmilson Rodrigues, 42%; José Priante, 22%; Zenaldo Coutinho, 12%; Arnaldo Jordy, 7%; Jefferson Lima, 5%; Anivaldo Vale, 2%; Alfredo Costa, 1%; Marcos Rego não alcançou 1%; Sérgio Pimentel e Leny Campelo não foram citados.
Segundo turno
O Ibope pesquisou dois cenários para o segundo turno: uma opção seria a disputa entre Edmilson Rodrigues e José Priante, outra seria Edmilson Rodrigues contra Zenaldo Coutinho. O candidato do PSOL ficaria em primeiro nas duas hipóteses com 61% dos votos. Concorrendo contra José Priante, este ficaria com 28% dos votos, enquanto Zenaldo Coutinho apareceria com 30%.
Rejeição
Entre os candidatos mencionados pelos eleitores como aqueles em quem não votariam de jeito nenhum, Arnaldo Jordy aparece com 27%, Anivaldo Vale, com 24%, Alfredo Costa e Jefferson Lima, com 23% cada um, José Priante, com 20%, Edmilson Rodrigues, Leny Campelo, Marcos Rego e Sérgio Pimentel com 19% cada um, e Zenaldo Coutinho, com 14%.
Os eleitores que declaram que poderiam votar em todos os candidatos representam 6% do eleitorado. Outros 4% não sabem ou preferem não responder a respeito.