E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

terça-feira, 10 de julho de 2012

Secretário de Meio-Ambiente de Itaituba (PA) é flagrado com 10 kg de carne de tartaruga-da-amazônia!


Mas, era só o que faltava!
Um dos secretários do prefeito Valmir Climaco (PMDB), de Itaituba foi pilhado com um mimo que faria ao seu filho que estava em viagem ao estrangeiro: 10 Kg de CARNE DE TARTARUGA-DA-AMAZÔNIA, animal sob risco de extinção. A coisa fica ainda pior quando sabe-se que o secretário em questão é JUSTAMENTE O SECRETÁRIO DE MEIO-AMBIENTE DO MUNICÍPIO!
O bravo secretário é esta figura aí ao lado. Além de "cuidar" do meio-ambiente, matar e consumir a fauna que deveria proteger, ele nas horas vagas também preside o PMDB em Itaituba.
Leiam aí o que conta a notícia divulgada hoje (10) pela Assessoria de Comunicação do Ibama:
O Ibama apreendeu na noite de ontem (9) uma tartaruga-da-amazônia (podocnemis expansa), já sem casco e esquartejada, no Aeroporto Internacional de Belém, no Pará. A carne do animal, que integra a lista das espécies brasileiras ameaçadas de extinção, estava em poder do secretário de Mineração, Meio Ambiente e Produção de Itaituba, Ivo Lubrina de Castro, que desembarcava na capital de um voo da Sete Linhas Aéreas vindo do oeste do Estado.Segundo o chefe do posto de fiscalização do Ibama no aeroporto Val-de-Cans, Luiz Paulo Albarelli, o secretário alegou que a tartaruga seria servida numa festa de recepção para o filho dele, que chegaria de Londres onde estuda. Por transportar o animal protegido sem autorização do órgão ambiental, o político foi multado em R$ 5 mil e vai responder civil e criminalmente pela infração ambiental. A carne da tartaruga-da-amazônia será incinerada.
O secretário de Meio Ambiente embarcou em Itaituba, aproximadamente às 19h, no voo 6423 (Almeirim-Belém), que fez escala na cidade. Ele despachou a tartaruga de cerca de 10 kg, já congelada, acondicionada em uma caixa de isopor. Ao chegar ao desembarque no aeroporto Val-de-Cans, por volta das 21h, o volume foi aberto pelos agentes do Ibama. A carga foi apreendida e o político multado na hora.
Mesmo em estado de greve desde 21 de junho, o Ibama está fiscalizando todas as bagagens no aeroporto internacional, como parte da operação padrão da categoria. Os servidores reivindicam que o governo apresente uma proposta de reestruturação da carreira de especialista em meio ambiente. “O setor ambiental está sucateado, desvalorizado e entre os mais mal pagos do Executivo”, diz a presidente da Associação dos Servidores do Ibama (Asibama/PA), Cecília de Jesus. A categoria mantém a operação padrão até 30 de julho de 2012. (As informações são da Ascom/Ibama)