E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

domingo, 1 de julho de 2012

Ruído de caças da FAB estilhaça vidros no Congresso e no STF


A tradicional cerimônia de substituição da bandeira nacional, que ocorre no primeiro domingo de cada mês na Praça dos Três Poderes, em Brasília, provocou sustos nesta manhã.
O sobrevoo de caças da Força Aérea Brasileira (FAB), que se apresentaram durante o evento, provocou muito barulho e a quebra de praticamente todos os vidros da sede do Supremo Tribunal Federal. "Foi bem desagradável, eles (os aviões) passavam muito baixo e por diversas vezes. As pessoas estavam muito assustadas, e as crianças, chorando. O desconforto foi tanto que fomos embora mais cedo", relatou a servidora pública Silvia Rheinheiner, que levou o filho de 1 ano e meio para assistir à cerimônia.
A fachada do Congresso também teria sido atingida.
A Força Áerea diz que pagará pelos prejuízos e abrirá investigação para apurar responsabilidades.
Segundo a assessoria de imprensa da FAB, duas aeronaves Mirage F-2000 executaram o sobrevoo durante a solenidade, e uma onda de choque causou os danos às vidraças de "alguns órgãos públicos". Há relatos, conforme a FAB, de estragos no Senado e na Câmara dos Deputados.
O Comando da Aeronáutica já iniciou a apuração das circunstâncias do fato e irá ressarcir os prejuízos decorrentes, informou o órgão.
O evento mensal, durante o qual a enorme bandeira do Brasil é substituída por uma nova, costuma atrair público à Praça dos Três Poderes para assistir a apresentações de aviões da FAB, da Esquadrilha da Fumaça e da banda da Marinha. (Com informações da Agência Brasil)