E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Mesmo sem jogar nada, Kaká segue na lista dos 20 mais bem pagos do mundo

Estudo realizado pela rede de notícias CNN, que leva em conta salários, bônus, patrocínio e direitos de imagem apurou que o tenista Roger Federer - de volta ao topo do ranking da ATP na semana passada - supera com facilidade astros do futebol como David Beckham, Lionel Messi e Cristiano Ronaldo no quesito "granas preta na conta".
De acordo com estudo, o tenista recebe U$ 51,4 milhões (R$ 104,6 milhões) anuais, contra os U$ 46 milhões (R$ 93,7 milhões) do inglês David Beckham, segundo colocado no ranking. Eleito melhor jogador do mundo nos últimos três anos, o argentino Lionel Messi tem a terceira maior receita: U$ 41,25 (R$ 84 milhões). Em seguida, vem o português Cristiano Ronaldo, com ganhos anuais de U$ 40,25 milhões (R$ 82 milhões).
O surpreendente é ver o meia brasileiro Kaká, que naufragou na Copa da África do Sul em 2010 junto com a horrorosa seleção de Dunga, aparecer na 16ª colocação da lista. Sem jogar futebol de alto nível há anos, Kaká opera o milagre da multiplicação da marquetagem individual para receber a nada desprezível soma de U$ 20,7 milhões (R$ 42,1 milhões) anuais, um valor infinitamente acima de seu futebol.
Logo depois vem o marfinense Yaya Touré, que tem renda de U$ 20,6 milhões (R$ 41,9 milhões). O argentino Kun Agüero aparece em 19º, já que tem receita de U$ 20,5 (R$ 41,7 milhões) milhões por ano. Inclusive, a página que divulga o estudo na internet comete uma gafe, ao dizer que o argentino atua no Chelsea, e não no Manchester City.
A lista organizada pela "CNN" diverge um pouco da divulgada pela revista "Forbes", em junho. A conceituada publicação colocava o boxeador Floy Mayweather como o mais bem pago em 2011, já que recebera U$ 85 milhões (R$ 173,1 milhões). Roger Federer só aparecia na quinta colocação, com rendimento de U$ 52,7 milhões (R$ 107,3 milhões) anuais.
Na lista da "Forbes", Beckham também é o jogador de futebol com maior receita, U$ 46 milhões (R$ 93,6 milhões), mas Cristiano Ronaldo supera Messi nos rendimentos: U$ 42,5 milhões (R$ 86,5 milhões) do português contra U$ 39 milhões (R$ 79,4 milhões) do argentino.