E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

sábado, 7 de julho de 2012

Goiânia sediará evento do CNJ de valorização da magistratura

Aconteceu nesta sexta-feira (6), a primeira reunião para organização da etapa goiana do Programa Valorização – Juiz Valorizado, Justiça Completa, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). O evento, lançado em Florianópolis (SC) no fim de junho, terá lugar em Goiânia no dia 24 de agosto, a partir das 9h30, na Associação dos Magistrados de Goiás (Asmego). O programa tem o objetivo de subsidiar o CNJ e os demais órgãos do Poder Judiciário na elaboração de políticas públicas voltadas ao reconhecimento da importância do trabalho dos magistrados para o bem-estar da sociedade.“A intenção é fortalecer a ideia de que o CNJ integra o Poder Judiciário e que suas preocupações vão além de números e exigências com metas e produtividade. Precisamos entender o que o juiz necessita para se sentir valorizado”, explicou Paula Sousa, chefe de gabinete do conselheiro José Lúcio Munhoz, presente à reunião.
Além de Florianópolis e Goiânia, o encontro será promovido em Minas Gerais e cidades das regiões Nordeste e Norte. Ao final, haverá um congraçamento em Brasília, onde serão reunidas todas as propostas angariadas nas cinco regiões do País. O evento envolverá presidentes e corregedores de tribunais estaduais, Tribunais Regionais do Trabalho (TRT’s), Tribunais Regionais Eleitorais (TRE’s), de escolas de magistratura e diretores e (ou) assessores de comunicação desses órgãos da Região Centro-Oeste, além de representantes do CNJ. Com duração de um dia, os trabalhos serão iniciados às 9h30 com uma apresentação global e, depois disso, o público será dividido por área para participar de quatro painéis. À tarde, haverá debate.
Participaram ainda da reunião o juiz-auxiliar da Presidência, Wilson da Silva Dias; diretor-geral do TJGO, Stenius Lacerda Bastos; assistente-chefe da Corregedoria do TRE-GO, Fernando Sousa Chaves; Euzébio Ribeiro, diretor administrativo do TJGO; Lígia Beatriz, diretora de Recursos Humanos do TJGO; Tereza Cristina Sá; Chefe da Divisão de Desenvolvimento Humano; Izabela Carvalho, diretora de Comunicação do TJGO; Tenente Coronel Giovanni Valente, assessor Militar do TJGO; diretora de Gestão Estratégica, Vivian Borim; Sandra Nogueira, da Secretaria de Gestão Estratégica e Rosana Gaulthier, assessora técnica do Cerimonial do TJGO.
O programa Juiz Valorizado, Justiça Completa foi criado em resposta aos objetivos estratégicos firmados pelo CNJ na Resolução 70/2009, que trata do planejamento e da gestão estratégica no âmbito do Poder Judiciário. (Com informações do Centro de Comunicação Social do TJ/GO)