E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Eleições na Era Digital - Haddad lança a "LulaTV" na internet. Serra lança "Tucaninho", game para smartphones.

Com a propaganda eleitoral liberada na internet a partir desta sexta-feira (6), o PT começa a exibir uma série de vídeos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no site de seu candidato à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad. O objetivo dos petistas é "colar" as imagens do ex-presidente e seu afilhado político antes do início da exibição dos programas eleitorais na TV, em 21 de agosto.
Estratégia semelhante tem a equipe de José Serra (PSDB), que vai apresentar vídeos do candidato em seu site oficial nas próximas semanas. Na primeira gravação, que também entra no ar nesta sexta, Serra convida os usuários a enviar propostas para solucionar os problemas da cidade.
Com a manobra, as equipes de marketing suprem uma lacuna de 45 dias em que os candidatos estarão em campanha, mas não aparecerão na TV.
No caso do PT, a imagem de Lula terá destaque no portal de Haddad, em um espaço batizado de Lula.TV. O ex-presidente deve fazer gravações diárias para debater os temas da campanha. A coordenação de campanha também pretende fazer transmissões ao vivo a participação do ex-presidente, direto do Instituto Lula, na zona sul paulistana.

A presença de Lula na campanha de Haddad é considerada fundamental pelos petistas. A equipe de campanha acredita que os eleitores ainda não vinculam a imagem do candidato ao ex-presidente - considerado um forte cabo eleitoral. Haddad é pouco conhecido pelos paulistanos e está em terceiro lugar nas pesquisas eleitorais, com 6% das intenções de voto.
A estratégia da campanha petista na internet será comandada pela empresa do marqueteiro João Santana, sob a coordenação de Marcelo Kertész. O foco do portal de Haddad, lançado nesta sexta, será o conteúdo audiovisual. "O grande desafio foi fazer um ambiente mais relevante e inovador do que um simple site tradicional de candidato", diz.
Além da seção Lula.TV, o site petista também exibirá vídeos que contarão a trajetória política de Haddad, com animações e ferramentas interativas. A página estará ligada a sites e redes sociais como Facebook, Twitter e YouTube.
A equipe de Serra pretende usar vídeos estrelados pelo candidato para ampliar seu diálogo com os eleitores. Na gravação de estreia, o tucano diz que espera receber contribuições para solucionar os problemas de São Paulo. "Ninguém vai fazer um programa de governo melhor que os próprios paulistanos", diz. Na página tucana, cada eleitor poderá cadastrar, em um mapa, uma demanda para sua região.
A página do PSDB será adaptável para tablets e terá jogos disponíveis para smartphones. No primeiro deles, chamado de "Tucaninho", o jogador deve controlar uma ave azul e amarela - cores do PSDB - que sobrevoa a cidade de São Paulo. Também estará disponível para download um ringtone do jingle "Serra já", baseado no hit sertanejo "Eu quero tchú, eu quero tchá", da dupla João Lucas e Marcelo.
Com foco nas passagens de Serra pela Prefeitura de São Paulo e pelo governo do Estado, o site exibirá obras desenvolvidas por ele e dará aos usuários a missão de fotografar suas realizações. A militância poderá interagir em uma rede social própria para seus simpatizantes.
A equipe de mídias digitais terá 60 funcionários e será coordenada por Bruno González, filho do marqueteiro Luiz González, responsável pela campanha de Serra. O conteúdo do site será editado pelo jornalista Leão Serva, que foi chefe da assessoria de comunicação de Serra e de Gilberto Kassab na Prefeitura até 2009.