E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Dilma lança PAC Mobilidade Cidades Médias. Investimento será de R$ 7 bi, diz governo

Dilma lançou hoje (20), às 11h, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Mobilidade Médias Cidades. A ideia liberar R$ 7 bilhões por meio de financiamento público e beneficiará 75 municípios com menos de 700 mil habitantes e mais de 250 mil.
O governo vai apresentar as regras do processo seletivo dos municípios, que deverão elaborar o projeto executivo para obras como construções de estações e linhas de metrô, aquisição de veículo leve sobre trilho (VLT) e construção de corredores de ônibus.
Cada município pode apresentar até duas propostas. A inscrição deverá ser feitas por meio de formulário eletrônico, disponível na página eletrônica do Ministério das Cidades a partir do dia 23 de julho até o dia 31 de agosto. As cidades selecionadas serão divulgadas no dia 30 de novembro.
De acordo com dados do Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as 75 cidades estão distribuídas em 18 estados brasileiros, 51% estão em regiões metropolitanas. Serão beneficiadas cidades como Joinvile, em Santa Catarina, Uberaba e Juiz de Fora, em Minas Gerais, Ribeirão Preto e Sorocaba em São Paulo, Niterói e Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro e Olinda e Caruaru, em Pernambuco.
Em abril, Dilma Rousseff anunciou a seleção de 51 municípios com mais de 700 mil habitantes para receberem R$ 32 milhões em recursos do PAC Mobilidade Grandes Cidade. Esse programa financia projetos de metrô, veículo leve sobre trilho (VLT) e corredores de ônibus. Do valor total, R$ 22 bilhões têm como origem recursos do governo federal.