E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Clube do Remo sai na frente em amistoso mas cede empate ao River Plate (URU)


Jogando contra o Clube do Remo, ontem a noite, o River Plate (URU), no Mangueirão, arrancou um empate em 1 a 1. O técnico Edson Gaúcho gostou do resultado e agora o time segue a preparação para retornar à Série D.
Como parte do primeiro evento promovido pela Granada, empresa de marketing esportivo que fechou contrato de quatro anos com o Remo, o amistoso teve como destaque a presença de Marcelinho Carioca que, vestindo a camisa do Leão Azul encantou a torcida com passes e lançamentos primorosos.
Aos 10 minutos, ele fez uma boa tabela pela esquerda com Paulinho, que arrancou na entrada da área e cruzou na medida certa para Mendes abrir o placar, Remo 1 a 0. Em seguida, o jogo ficou mais corrido, mesmo o Remo errando alguns passes no meio campo. A marcação contundente do meio André e dos zagueiros Diego Barros e Ávalos não surtiu efeito por muito tempo, e aos 20 minutos, numa cobrança de escanteio, Avenatti subiu na frente e cabeceou sem chance para Gustavo.
Aos 40 minutos, Marcelinho deixou o campo ovacionado e com pedidos de “fica”, por parte da torcida. No lugar, entrou Reis, fazendo dupla com Márcio Tinga na criação, até o apito final do primeiro tempo. Na sequência, com o time completo, Gaúcho colocou Edu Chiquita no lugar de André, e Joãozinho na vaga de Cassiano, mas o jogo seguiu equilibrado e apesar do Remo ter maiores chances de gol, o empate acabou sendo um resultado justo.
Ao final do jogo Marcelinho afirmou que "o Remo tem tradição e merece respeito. Tenho certeza que os atletas que estão aqui tem na cabeça que devem colocar o clube de volta na elite, lugar de onde nunca deveria ter saído". Sabe tudo o Pé-de-Anjo!