E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

segunda-feira, 23 de julho de 2012

60 acidentes, 59 feridos e 7 mortes em BRs que cortam Goiás, diz PRF


No Jornal Opção, hoje (23), com reportagem de Ketllyn Fernandes:
Neste final de semana a PRF (Polícia Rodoviária Federal) registrou 60 acidentes em rodovias federais que cortam Goiás, com 59 pessoas feridas e sete vítimas fatais. Cinco condutores foram presos por embriagues ao volante. O maior teor alcoólico foi registrado na sexta-feira (20) na BR-060, em Anápolis. Um caminhoneiro de 36 anos registrou teor de 1,16 miligramas de álcool por litro de sangue, enquanto o permitido é de 0,1 miligrama.Na sexta-feira à noite, uma idosa morreu após ser atropelada por um Crossfox no Km-359 da BR-070, entre os municípios de Jussara e Montes Claros. No mesmo dia, também à noite, uma colisão envolvendo quatro veículos deixou duas pessoas mortas. Este acidente ocorreu no Km-138 da BR-153, trecho que liga Porangatu a Uruaçu, quando um motociclista invadiu a pista contrária e colidiu de frente com um caminhão Bitren. O motorista do ônibus que vinha em seguida chegou a frear bruscamente para não atropelar uma das vítimas, mas acabou colidindo com uma carreta. O motociclista Manuel Martins, de 48 anos, e o passageiro da moto, Alves Rezende, de 70 anos, morreram no local.
Na manhã de sábado (21), um grave acidente envolvendo um carro de passeio na BR-153, trecho de Jaraguá, deixou quatro pessoas feridas e matou um bebê de dois anos. Conforme a PRF, o veículo Renault/Logan teria saído da pista e capotado às margens da BR. A criança que morreu não estava na cadeirinha de segurança, conforme relatou a própria mãe da vítima. No sábado à noite, na BR-050, entre Catalão e Campo Alegre, um motociclista de 44 anos morreu após colidir na traseira de um caminhão Volvo NL, que estava parado no acostamento da rodovia devido a problemas mecânicos. Ele teria perdido o controle da moto.
Na noite de domingo (22), após um atropelamento seguido de capotamento na BR-153, KM-542, uma pessoa morreu e outras quatro ficaram gravemente feridas. O condutor de um veículo Fiat/Uno atropelou um pedestre e, devido ao impacto, perdeu o controle do carro e capotou às margens da rodovia, entre Hidrolândia e Professor Jamil. O pedestre Deidimar Pereira Rocha, de 50 anos, não resistiu e foi a óbito no local. Entre os quatro feridos que estavam no veículo, três são crianças de 10, 8 e 5 anos. Todos foram encaminhados ao hospital local e o motorista saiu ileso.
Ontem à noite, entre Goiânia e Terezópolis, na BR-060, uma mulher morreu em um acidente que deixou três pessoas feridas. Um Fiat/Pálio saiu da pista e capotou às margens da rodovia, no KM-102,7. A passageira Valéria Alves da Silva não resistiu e faleceu no local. A condutora e os outros dois passageiros sofreram ferimentos leves.