E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

sábado, 30 de junho de 2012

TRF da 1ª Região revoga Habeas Corpus de integrantes do esquema Demóstenes-Cachoeira-Delta. Três são presos pela PF em Goiânia

A Polícia Federal já cumpriu, na manhã deste sábado (30), os mandados de prisão contra José Queiroga Neto, Wladimir Garcêz e Lenine Araújo Silva. Os três, envolvidos no esquema Demóstenes-Cachoeira-Delta tiveram revogados os respectivos Habeas Corpus, concedidos pelo desembargador Tourinho Neto, do Tribunal Regional Federal da 1ªRegião (TRF1).
Gleyb Ferreira da Cruz, que já estava preso devido a Operação Saint-Michel, teve novamente a prisão decretada. As prisões foram determinadas pelo desembargador federal Souza Prudente, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, com base na Operação Monte Carlo, que resultou em fevereiro na prisão de Carlinhos Cachoeira.
O desembargador revogou o habeas corpus concedido pelo desembargador Tourinho Neto no último dia 16 de julho, que garantiu a liberdade de Queiroga Neto, Lenine de Araújo e de Wladmir Garcez. Os três estavam em liberdade desde a segunda semana de junho.
Segundo a Polícia Federal, os três devem permanecer detidos na sede da PF durante o final de semana.