E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Menor esfaqueado dentro de escola em Paragominas (PA) é enterrado nesta quinta

O corpo do estudante Adenilson Miranda dos Santos, de 14 anos, que morreu após ser esfaqueado dentro da escola por um colega na última segunda-feira (25), foi enterrado na manhã desta quinta-feira (28), no Cemitério Municipal de Paragominas, no sudeste do Pará.
Durante a noite de quarta-feira (27) o corpo do menino foi velado na casa da família, no bairro do Jaderlândia, na periferia da cidade. O corpo, que estava no Instituto Médico Legal, em Belém, chegou a cidade no final da tarde.
Amigos e familiares estavam inconformados com a morte e contaram que o menino era calmo e muito querido em toda a escola. O caso causou grande comoção na cidade. As mães dos alunos estão preocupadas com a violência e dizem que falta segurança na escola.
A Justiça já pediu a apreensão do menor suspeito de ter esfaqueado o estudante, que continua foragido.
O adolescente foi esfaqueado nesta segunda-feira (25) por um colega dentro de uma escola municipal em Paragonimas (PA), sudeste do estado. O jovem chegou a perder um dos rins, teve complicações e não resistiu.
Segundo a polícia e a direção da escola, o caso teria acontecido devido a uma briga por pipas no último domingo (24) e teria sido premeditado. De acordo com o delegado que investiga o caso, Alberone Lobato, diretor da Seccional de Paragominas, como o adolescente que agrediu o colega não foi localizado, foi solicitado a busca e apreensão do rapaz.
Ao todo, a Secretaria de Segurança Pública do Pará já registrou 175 casos de agressão em escolas no Pará, apenas nos últimos seis meses.