E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

terça-feira, 26 de junho de 2012

Flávio Lopes deixa comando técnico do Clube do Remo. Mais dispensas à vista, diz dirigente.



Flávio Lopes não é mais técnico do Clube do Remo. Depois de contestação de parte da torcida e da imprensa esportiva local, o técnico Flávio Lopes não aguentou a pressão e deixou o comando do Filho da Glória e do Triunfo, nesta terça-feira (26).
Em conversa com o presidente do clube, Sérgio Cabeça, Flávio acertou sua saída. O preparador Bruno Barbosa também deve deixar o Baenão.
O diretor de futebol Albany Pontes confirmou a saída do treinador. “Tivemos uma conversa pela manhã e ficou tudo acertado para a sua saída”, disse.
Segundo Albany, as mudanças não ficarão apenas na comissão técnica. Alguns jogadores devem deixar o Baenão nas próximas horas. “Alguns jogadores também vão fazer parte do pacote. Estamos conversando e podemos ter mais definições até por volta de 13 horas”, complementou.
Flávio Lopes conduziu o Clube do Remo às finais do Paraense deste ano com apenas uma derrota, mas não resistiu ao vexame da estreia do clube no Brasileiro da Série D, quando o Mais Querido foi derrotado pelo inexpressivo Vilhena, de Rondônia, por 4x2.
Sobre o ex-treinador do Ipatinga, Ney da Mata, que foi especulado após a derrota dos azulinos para o Vilhena (RO), o diretor foi enfático. “Não tem nenhuma negociação com esse nome”.
Atualização:
Em entrevista a Radio Clube do Pará, o treinador Edson Gaúcho confirmou que o diretor de futebol do Clube do Remo, Albany Pontes, propôs uma contratação e que o acordo deverá ser fechado.
“O Albany me ligou agora pela manhã e perguntou se eu tinha interesse. Eu perguntei a situação do clube, ele me disse e eu confirmei que tinha interesse. Ele me fez uma proposta, eu fiz uma contra-proposta e nós estamos negociando. É muito provável que eu feche o acordo”, explicou Edson Gaúcho.
O possível novo treinador azulino mandou um recado para os jogadores e para a torcida do Leão. “Nós não vamos chegar para atrapalhar ninguém, mas os jogadores terão de saber que o Remo e sua torcia são maiores que tudo. Se for definida a minha ida, eu quero a torcida do Remo no Baenão no domingo. Se eu for, a torcida pode ter certeza que eu vou conquistar o acesso à Série C”, conclui.
O dirigente azulino Albany Pontes confirmou que Edson Gaúcho chega a Belém às 23h30 desta terça-feira (26).
Por indicação de Edson Gaúcho, o Remo já contratou o atacante Mendes, que jogou no Paysandu e no Águia de Marabá e que chega amanhã por volta das 3h30. (Com informações da Rádio Clube do Pará)