E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

terça-feira, 8 de maio de 2012

Parauapebas - Negado habeas corpus para envolvido no assassinato de Ana Karina

As Câmaras Criminais Reunidas do Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJ/PA), negaram habeas corpus liberatório, na sessão desta segunda-feira (7), para o pecuarista Alessandro Camilo de Lima, acusado de participação no homicídio da comerciária Ana Karina Guimarães, de 29 anos, grávida de nove meses do réu. O crime ocorreu em maio de 2010, no município de Parauapebas, na região do Carajás.
O réu está preso desde junho de 2010 e já foi pronunciado. Porém, está recorrendo da sentença de pronúncia. A defesa alegou constrangimento ilegal por em razão de suposta falta de fundamentação na acusação e excesso de prazo para o agendamento da sessão de júri.
Mas, a juíza convocada Nadja Nara Cobra Meda não acolheu os argumentos, destacando que foi o paciente que entrou com recurso recorrendo da sentença de pronúncia, atrasando a realização do júri. O voto foi acompanhado à unanimidade.
O crime chocou a opinião pública. O corpo de Ana Karina teria sido esquartejado e jogado em um rio da região dentro de tonéis de ferro.