E como os brados no Mundo podem tanto, bem é que
bradem alguma vez os pregadores, bem é que gritem
Pe. Antonio Vieira

sábado, 28 de abril de 2012

Um final trágico para o caso do bebê desaparecido em Uruará. Corpo é achado dentro de um poço

O blog noticiou aqui o desaparecimento de um recém-nascido na cidade de Uruará, região do Tapajós, no Pará. Durante um apagão ocorrido na cidade, a criança de apenas dois dias de nascida, desapareceu da casa dos pais.
Havia a suspeita de rapto, mas as investigações da Polícia Civil apontaram em uma direção surpreendente e aterradora.
Hoje à tarde finalmente a criança foi encontrada.
Estava morta, jogada pela própria mãe no poço de uma casa vizinha.
A mulher afirmou aos policiais que, tendo já dois filhos, temia que a chegada de uma terceira criança acabasse pondo em risco seu casamento e aproveitou a escuridão para jogar a criança dentro do poço da casa de uma amiga, logo ao lado da sua residência.
A mulher foi presa e responderá por infanticídio e ocultação de cadáver.